Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bolsas asiáticas fecham em alta; Sydney recua

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta segunda-feira, após as perdas vistas na sessão anterior, enquanto o mercado australiano perdeu terreno no último dia de seu ano financeiro.

SERGIO CALDAS, Agência Estado

30 de junho de 2014 | 08h41

Na China, o principal índice acionário, o Xangai Composto, subiu 0,6%, a 2.048,33 pontos. O Shenzhen Composto, que acompanha empresas menores, avançou 0,9%, a 1.096,78 pontos. O volume combinado dos dois mercados subiu para 205 bilhões de yuans (US$ 33 bilhões), de 198 bilhões de yuans na sexta.

Investidores na China e em outros mercados menores na Ásia seguiram o desempenho positivo de Wall Street, que fechou em alta no último pregão da semana passada. Em Taiwan, o índice Taiex subiu 0,6%, a 9.393,07 pontos, o maior nível em seis anos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,69%, para a máxima intraday de 0,69%, e o índice filipino PSEi teve alta marginal de 0,03%, a 6.844,31 pontos.

Em Hong Kong, por outro lado, o Hang Seng mostrou ligeira perda de 0,1%, a 23.190,72 pontos. Durante a sessão, porém, o índice chegou a recuar 1,1%, em reação a um dado fraco do setor varejista da Alemanha.

Na Oceania, o pregão foi de perdas na Bolsa de Sydney, no último dia do ano financeiro na Austrália. O índice S&P/ASX 200 recuou 0,9%, a 5.395,7 pontos, o menor nível em três sessões. Segundo analistas, os participantes do mercado australiano aproveitaram o dia para realizar lucros, após garantirem ganhos de dois dígitos ao longo do ano financeiro e na expectativa para despesas tributárias.

Com poucos catalisadores para os negócios de hoje, os investidores na Ásia e na região do Pacífico ficarão atentos a dados de manufatura que a China e o Japão divulgarão esta noite, à decisão de política monetária do Banco Central da Austrália, nesta terça-feira, e a dados de criação de empregos nos EUA, na quinta-feira. Com informações da Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.