Bolsas asiáticas fecham em baixa

A Bolsa de Hong Kong fechou com o índice Hang Seng em baixa de 8,34 pontos, ou 0,05%, aos 15.662,08 pontos, com realização de lucros em ações do HSBC (-0,2%) e Hutchison Whampoa (-1%). Papéis relacionados à China, no entanto, continuaram ativos (China Mobile +0,4%). Ações do setor imobiliário terminaram de forma mista. "Há alguma resistência no nível de 15.800 pontos. É provável que haja alguma forte correção na próxima semana", disse o estrategista Castor Pang, da Sun Hung Kai Research. A Bolsa da Coréia do Sul fechou com o índice Kospi em baixa de 35,86 pontos, ou 2,64%, aos 1.324,78 pontos, com realização de lucros em ações do setor financeiro (Kookmin Bank -1,6%, Korea Exchange Bank -2,5%). A Bolsa de Taiwan fechou com o índice Weighted em baixa de 25,66 pontos, ou 0,39%, aos 6.486,63 pontos. Os investidores preferiram a cautela antes do Ano Novo Chinês e realizaram lucros com ações de tecnologia. As ações de fornecedoras para a Motorola fecharam em baixa (Silitech Technology -1,9%, Taiwan Green Point Enterprises -1,3%). Na China, o índice Shangai Composto fechou em alta de 0,3% e o Shenzen Composto subiu 0,1%. "Ações de mineração foram o destaque do mercado", disse o analista Zhou Lion, da Huatai Securities. "A qualidade desses papéis é boa e os preços dos metais no mercado internacional estão altos." A Bolsa de Jacarta fechou com o índice JSX Composto em baixa de 7,17 pontos, ou 0,58%, aos 1.222,88 pontos. Em Kuala Lumpur, na Malásia, o índice Composto subiu 2,71 pontos, ou 0,30%, para 905,41 pontos. Em Manila, nas Filipinas, o índice PSE cedeu 0,83 ponto, ou 0,04%, para 2.108,25 pontos. Em Cingapura, o índice Straits Times subiu 10,39 pontos, ou 0,44%, aos 2.388,91 pontos.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2006 | 11h25

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.