Bolsas asiáticas fecham em direções divergentes

Ações em Seul lideraram os ganhos depois que o Banco da Coreia reduziu as taxas de juros de forma inesperada

09 de maio de 2013 | 06h45

Os mercados acionários da Ásia fecharam em direções divergentes nesta quinta-feira. As ações em Seul lideraram os ganhos depois que o Banco da Coreia (BoK, na sigla me inglês) reduziu as taxas de juros de forma inesperada.

O índice Kospi Composto, da Coreia do Sul, subiu 1,2%, para 1.979,45 pontos, após o corte de um quarto de ponto porcentual nos custos de empréstimos. A medida tem como objetivo impulsionar o crescimento doméstico.

"O último movimento do BoK mostra que os formadores de políticas do país estão determinados a participar de esforços gerais para estimular a economia", disse o analista Lee Kyoung-min, da Woori Investment & Securities.

As ações dos setores de construção e de finanças foram os destaques da sessão em Seul, com a Hyundai Engineering & Construction avançando 3,2% e a Hana Financial subindo 4,8%.

Na Austrália, a taxa de desemprego de abril caiu para 5,5% em comparação com uma expectativa de 5,6%. O índice S&P/ASX 200 encerrou estável aos 5.198,4 pontos, com a tendência de alta limitada pelo National Australia Bank, que caiu 2,1%. O mercado ficou decepcionado com o anúncio do credor de que seu lucro de caixa subiu 3,0% no primeiro semestre de 2013 em relação ao mesmo período do ano anterior.

Outro dado econômico importante da Ásia na quinta-feira veio da China, onde o índice de preços ao consumidor de abril subiu 2,4% ante o mesmo mês do ano anterior, superando as previsões de um aumento de 2,2%. Os números da inflação saíram um dia depois que dados do comércio chinês surpreenderam de forma positiva.

A elevação da inflação em abril na China diminuiu esperanças de flexibilização da política monetária de curto prazo e interrompeu a recente tendência de alta em ações de Hong Kong. O índice Hang Seng fechou em queda de 0,1%, aos 23.211,48 pontos, depois de ter subido em 11 das últimas 13 sessões. Na China continental, o índice Xangai Composto fechou em queda de 0,6% aos 2.232,97 pontos. O índice Shenzhen Composto subiu 0,2%, para 967,69 pontos.

As ações em Taiwan terminaram a sessão em terreno positivo, uma vez que o mercado observou a contínua entradas de fundos enquanto muitos investidores esperam que o governo reduza o imposto sobre ganhos de capital nas negociações de ações, afirmou o analista William Chen, da Cathay Securities. O índice Taiwan Weighted subiu 0,2% para 8.285,89 pontos.

Nas Filipinas, os investidores foram estimulados por ganhos em mercados estrangeiros. O índice PSEi terminou em alta de 0,2% aos 7.194,43 pontos com volume moderado de operações. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ÁSIABOLSAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.