Bolsas asiáticas fecham em direções divergentes

Investidor manteve cautela à espera dos dados de emprego nos Estados Unidos, que serão conhecidos nesta sexta-feira

06 de setembro de 2013 | 07h09

Os mercados de ações da Ásia fecharam em direções divergentes nesta sexta-feira, com cautela dos investidores antes da divulgação do relatório de emprego dos EUA. Os dados mensais do mercado de trabalho norte-americano são considerados um indicador importante para verificar se os EUA estão prontos para um redução das medidas de estímulo.

"O relatório de empregos, que deve ser publicado nesta sexta-feira, é altamente crucial para ajudar o Federal Reserve dos EUA decidir se começar a reduzir o estímulo ou não na próxima reunião do FOMC, no final deste mês", disse Tim Radford, analista da Rivkin.

Em Taipé, o índice Taiwan Weighted fechou em leve queda de 0,1%, aos 8164,20 pontos. Por outro lado, o índice Kospi, da Bolsa de Seul, fechou em alta de 0,19%, aos 1.955,31 pontos, e o índice Hang Seng, de Hong Kong, encerrou o pregão com um avanço de 0,1%, aos 22.621,22 pontos.

Já na Austrália, além das preocupações com o futuro da política monetária dos EUA, os investidores se mostraram cautelosos sobre as eleições federais australianas, que devem acontecer neste fim de semana. Com isso, o índice S&P/ASX 200 subiu menos de 0,1% e encerrou aos 5145,00 pontos.

As ações na China continental, por sua vez, fecharam ema alta nesta sexta-feira, com expectativas sobre uma planejada zona de livre comércio em Xangai. O índice Xangai Composto ganhou 0,8%, aos 2139,99 pontos, e o índice Shenzhen Composto avançou 0,5%, para 1.030,76 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSEi fechou em alta de 0,3%, aos 5,974,62 pontos, apesar de as ações terem sofrido com realização de lucros em grande parte da sessão. O índice passou avançar no final do pregão com investidores comprando ações com preços baixos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.