Bolsas asiáticas fecham em direções divergentes

Índice Xangai Composto fechou em alta de 1,3%, aos 2.221,04 pontos, e o índice Shenzhen Composto subiu 2,2%, para 1.059,74 pontos

23 de setembro de 2013 | 06h42

Os mercados de ações da Ásia fecharam em direções divergentes nesta segunda-feira, após um fim de semana prolongado na China. Os papéis em Xangai avançaram após a divulgação do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial da China, o que deu mais sinais de uma melhora na economia do país. Os mercados financeiros no Japão permaneceram fechados devido ao um feriado nesta segunda-feira.

O resultado preliminar do índice dos gerentes de compras da indústria chinesa medido pelo HSBC avançou para 51,2 em setembro, em comparação com a leitura final de 50,1 em agosto. Desta maneira, o PMI chegou ao nível máximo em seis meses. Acima de 50, o dado indica expansão em relação ao mês anterior; abaixo de 50, aponta contração.

Com isso, o índice Xangai Composto fechou em alta de 1,3%, aos 2.221,04 pontos, e o índice Shenzhen Composto subiu 2,2%, para 1.059,74 pontos. Os mercados chineses estavam fechados na quinta e na sexta-feira devido a um feriado.

Na semana passada, a decisão surpreendente do Federal Reserve dos EUA de manter seu programa de compra de bônus inalterado sustentou alguns mercados, contudo muitos mercados, como os da China e da Coreia do Sul só tiveram a chance de mostrar a reação nesta segunda-feira, após um feriado prolongado. O índice Kospi, da Coreia do Sul, ganhou 0,2%, para 2.009,41, nesta segunda-feira. O índice Taiwan Weighted subiu 1,0%, para 8.292,83 pontos.

Mas os mercados que já tiveram a chance de reagir à decisão do Fed foram influenciados pelo fechamento em Wall Street na sexta-feira, que não conseguiu manter os ganhos do início da semana conforme o banco central dos EUA continuou a dominar a atenção dos investidores. Na sexta-feira, o presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard, disse que o BC pode fazer uma redução pequena de estímulo na sua próxima reunião, em outubro.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 chegou a atingir 5.227,4 pontos durante o pregão e fechou em queda de 0,5%, aos 5.252,50 pontos, depois de recuperar parte do terreno. Os dados da China foram os fatores que ajudaram os papéis na Austrália a reduzirem parte das perdas. Já nas Filipinas, o índice PSEi encerrou o pregão em alta de 0,8%, aos 6477,94 pontos.

Hong Kong cancelou sua sessão da manhã após o tufão Usagi atingir a cidade. Quando Hong Kong abriu durante a segunda parte do pregão, o índice Hang Seng fechou em queda de 0,6%, para 23.371,54 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.