Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em queda

Divulgação dos dados de comércio da China contaminaram os mercados: exceções foram Xangai e Hong Kong

AE,

10 de julho de 2013 | 06h29

Os mercados de ações da Ásia fecharam majoritariamente em queda nesta quarta-feira, após a divulgação dos dados de comércio da China. Contudo, Xangai e Hong Kong conseguiram afastar o impacto dos fracos resultados dos dados e fecharam em alta, influenciados por comentários do primeiro-ministro do país, Li Keqiang.

As exportações na maior economia da região caíram 3,1% em junho ante o mesmo mês do ano anterior, ficando abaixo das expectativas de um ganho de 3,3%. Já as importações recuaram 0,7% no ano, ante previsões de alta de 5,5%.

No entanto, as ações em Hong Kong e Xangai minimizaram os efeitos dos dados do comércio e se apoiaram nos comentário do primeiro-ministro, Li Keqiang, de que Pequim continuará a se concentrar em reformas de longo prazo.

"Enquanto a taxa de crescimento econômico, emprego e outros indicadores não caírem abaixo do nosso limite inferior e a inflação não ultrapassar nosso limite superior, [vamos nos] concentrar na reestruturação e no avanço das reformas", disse Li em um comunicado publicado no site do governo central na quarta-feira.

O índice Xangai Composto subiu 2,2%, para 2.008,13 pontos, enquanto o índice Hang Seng, de Hong Kong, ganhou 1,1%, para 20.904,56 pontos. O índice Shenzhen Composto subiu 2,9%.

O efeito dos dados de comércio foi evidente na Austrália, que tem fortes relações comerciais com a China. O índice S&P/ASX 200, que chegou a subir 1,3% e atingiu o nível mais alto em seis semanas aos 4.950,80 pontos antes da divulgação dos dados, reduziu ganhos e fechou em alta de 0,4%, aos 4.901,40 pontos.

Nesta quarta-feira, o foco estará sobre o discurso do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, e na ata da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês). Os investidores analisarão os dois eventos para buscar mais sinais e informações sobre o futuro da política monetária dos EUA.

À espera das falas de Bernanke e do documento do Fed, o índice PSEi, da Bolsa de Manila, fechou em queda de 0,3%, aos 6308,18 pontos. O índice Kospi, da Coreia do Sul, cedeu 0,3%, para 1824,16 pontos, e o índice Taiwan Weighted caiu 0,5%, para 8011,69 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.