Bolsas asiáticas fecham sem direção única

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira, em meio a avaliações distintas sobre os últimos dados de manufatura da China, que surpreenderam positivamente após uma série recente de indicadores fracos da segunda maior economia do mundo.

SERGIO CALDAS, Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2014 | 07h24

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria chinesa, medido pelo HSBC, subiu para 50,5 na leitura preliminar de setembro, de 50,2 em agosto, indicando que a atividade manufatureira está se expandindo com mais força. Para o economista-chefe do J.P. Morgan na China, Haibin Zhu, o resultado sugere que a economia chinesa provavelmente se recuperou moderadamente após a forte desaceleração vista nos números de agosto.

O Xangai Composto, principal índice acionário na China continental, avançou 0,87%, a 2.309,72 pontos. O Shenzhen Composto, que acompanha empresas chinesas menores, subiu 1,25%, a 1.291,42 pontos.

Em Hong Kong, por outro lado, a interpretação do PMI chinês foi a de que o último resultado traz poucos motivos para comemoração. Pressionado por ações de operadoras de cassino, o índice Hang Seng recuou 0,5%, a 23.837,07 pontos. O dia também foi negativo na Bolsa de Taiwan, cujo índice Taiex caiu 0,5%, a 9.084,90 pontos, seguindo o comportamento dos mercados acionários de Nova York ontem.

O sul-coreano Kospi, de Seul, perdeu 0,51%, a 2.028,91 pontos, e o índice filipino PSEi, de Manila, teve baixa de 0,1%, a 7.271,62 pontos, mas o FTSE Straits Times, de Cingapura, mostrou ganho marginal de 0,05%, a 3.298,09 pontos.

Na Oceania, o mercado australiano também reagiu com entusiasmo ao PMI chinês, a exemplo do que ocorreu nos mercados da China Ocidental. O índice S&P/ASX 200, das ações mais negociadas na Bolsa de Sydney, saltou 1,0%, a 5.415,70, recuperando-se após a forte desvalorização de 1,3% vista na sessão anterior. As mineradoras, que ontem recuaram diante da queda recente nos preços do minério de ferro, encerraram o dia no azul: BHP Billiton e Rio Tinto subiram 0,3% e Fortescue avançou 2,2%. Com informações da Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.