Bolsas asiáticas fecham sem sinal definido; Hong Kong cai 0,7%

Mercados ficaram divididos entre fatores locais positivos e baixas nos EUA

Ricardo Criez, da Agência Estado,

29 de dezembro de 2011 | 08h53

As bolsas da Ásia apresentaram números distintos nesta quinta-feira. Enquanto alguns mercados da região reagiram positivamente a fatores locais, outros seguiram as baixas de Wall Street e das bolsas europeias.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, onde os investidores andaram de lado à espera do leilão de títulos de longo prazo da Itália, que vai ocorrer mais tarde. O índice Hang Seng perdeu 120,75 pontos, ou 0,7%, e encerrou aos 18.397,92 pontos.

Já na China, as bolsas encerraram em ligeira alta pela segunda sessão consecutiva, com as expectativas de que o banco central local poderá reduzir as taxas de reservas bancárias em janeiro. O índice Xangai Composto subiu 0,2% e terminou aos 2.173,56 pontos. O índice Shenzhen Composto ganhou 0,1% e encerrou aos 850,94 pontos.

O yuan subiu ligeiramente ante o dólar, uma vez que as companhias aumentaram os desembolsos da moeda chinesa devido ao fim do ano financeiro e liquidação de contas. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3192 yuans, de 6,3212 yuans ontem. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,3157 yuans, de 6,3146 yuans ontem.

Em recuperação técnica, a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou a última sessão do ano praticamente estável. O índice Kospi subiu apenas 0,03% e terminou aos 1.825,74 pontos, com compras de ações domésticas por parte de fundos de investimento. No ano, contudo, o índice apresentou queda de 11%, em contraste com a alta de 22% em 2010.

A Bolsa de Taipei, em Taiwan, também teve ligeira alta, impulsionada pelas compras de fundos governamentais. O índice Taiwan Weighted avançou 0,26% e terminou aos 7.074,82 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney estendeu as perdas do dia anterior, influenciada pela baixa nos mercados europeus e pela queda nos preços das commodities. O índice S&P/ASX 200 teve queda de 0,4% e fechou aos 4.071,1 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila fechou o último pregão de 2011 no azul. O índice PSE avançou 0,81% e terminou aos 4.371,96 pontos - no ano, o índice acumulou ganhos de 4,1%.

A Bolsa de Cingapura teve leve alta com compras de última hora, seguindo os ganhos iniciais nos mercados europeus. O índice Straits Times subiu 0,2% e fechou aos 2.672,78 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, terminou em alta de 1,1%, aos 3.808,77 pontos, com compras de gerentes de fundos para melhorar seu portfólio.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, terminou estável (alta de 0,01%) e fechou aos 1.028,32 pontos.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, recuperou-se da baixa no intraday e terminou em alta de 0,2%, fechando aos 1.506,69 pontos. As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.