Bolsas asiáticas seguem em elevação; Hong Kong ganha 1,1%

Investidores ganham fôlego com alta em Wall Street e esperanças de acordo sobre crise na Europa

Ricardo Criez, da Agência Estado,

25 de outubro de 2011 | 08h07

A maioria das bolsas asiáticas apresentou elevação. Os mercados foram alavancados pela alta em Wall Street e ainda pelas expectativas de que a reunião de cúpula da União Europeia irá encontrar uma solução para a crise da dívida.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que também se beneficiou dos bons resultados nos mercados chineses. No terceiro pregão seguido de ganhos, o índice Hang Seng subiu 196,37 pontos, ou 1,1%, e fechou aos 18.968,20 pontos.

A procura dos investidores por ofertas de ocasião provocou um rali nas blue chips e fez as Bolsas da China encerrar em elevação pela segunda sessão consecutiva. O índice Xangai Composto subiu 1,7% e terminou aos 2.409,67 pontos. O índice Shenzhen Composto ganhou 2,7% e encerrou aos 1.002,90 pontos.

O yuan subiu ante o dólar pela terceira sessão seguida, após o banco central chinês conduzir sua taxa de referência diária para um recorde de baixa. No entanto, moeda chinesa continua enfrentando forte pressão de venda, por causa de apostas no porto seguro da unidade americana e pela desvalorização do yuan no mercado de Hong Kong, onde a moeda chinesa oscila livremente. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3604 yuans, de 6,3754 ontem. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,3425 yuans, de 6,3549 yuans, ontem.

Já na Bolsa de Taipé, em Taiwan, os investidores andaram de lado, à espera da definição na Europa. O índice Taiwan Weighted subiu apenas 0,28% e terminou aos 7.491,21 pontos.

A realização de lucros por parte de investidores locais atingiu a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, após dois dias de forte rali. O índice Kospi caiu 0,55% e terminou aos 1.888,65 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney também apresentou cautela por causa das incertezas europeias. O índice S&P/ASX 200 perdeu 0,6% e fechou aos 4.227,9 pontos, em baixo volume de negociações.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, finalizou em linha com os EUA. O índice PSE ganhou 0,99% e encerrou aos 4.242,52 pontos.

A Bolsa de Cingapura finalizou em ligeira alta, com o índice Straits Times subindo 0,3%, para fechar aos 2.769,94 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,1% e fechou aos 3.710,48 pontos, com compras de investidores estrangeiros em papéis de mineradoras e de produtos de consumo.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, avançou 2,9% e fechou aos 942,55 pontos, com os investidores indo às compras após o feriado de ontem.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,5% e fechou aos 1.457,80 pontos. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.