Bolsas asiáticas têm baixa com dúvidas sobre Fed

Política monetária dos Estados Unidos no que diz respeito aos estímulos por parte do Federal reserve ainda geram preocupação

24 de setembro de 2013 | 06h40

Os mercados de ações da Ásia fecharam em queda nesta terça-feira, com preocupações sobre o futuro da política monetária norte-americana. Além disso, os recuos nos pregões da Europa e dos EUA na segunda-feira pesaram sobre as bolsas da região.

A ações continuaram a cair em relação ao entusiasmo inicial desencadeado pela decisão do Federal Reserve dos EUA, na semana passada, em manter seu programa de compra de títulos inalterado. A medida do BC norte-americano havia dado aos mercados asiáticos um impulso na quinta-feira passada, apesar de as ações terem se enfraquecido desde então.

"Não houve nenhuma grande notícia hoje, e os fechamentos em queda na Europa e em Wall Street foram simplesmente replicados nos mercados asiáticos", disse Chris Weston, estrategista-chefe de mercado da corretora IG.

Wall Street terminou em terreno negativo na segunda-feira, uma vez que os investidores continuam tentando determinar os planos para a política monetária do Fed. O presidente da distrital do Fed em Nova York, William Dudley, disse que a economia norte-americana teve melhoras, mas não suficientes para que tenha início a retirada dos estímulos. Já Dennis Lockhart, que comanda o Fed de Atlanta, também afirmou que os EUA estão se recuperando, mas que é preciso reforçar a produtividade e relançar o dinamismo no mercado de trabalho.

Na China, o índice Xangai Composto fechou em queda de 0,6%, aos 2.207,53 pontos, com realização de lucros. O índice Shenzhen Composto encerrou estável aos 1.059,81 pontos. Já em Hong Kong, o índice Hang Seng perdeu 192,50 pontos, ou 0,8%, a 23.179,04 pontos.

O índice Kospi, da Coreia do Sul, cedeu 0,11%, a 2.007,10 pontos, e o índice PSEi, das Filipinas, caiu 0,3%, para 6.461,38 pontos. Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 fechou em queda de 0,4%, a 5.234,20 pontos.

Em Taipé, o índice Taiwan Weighted encerrou o pregão em alta de 0,1%, aos 8.299,12 pontos, com fortes ganhos da empresas relacionadas a Apple. A Hon Hai subiu 0,9%, a Pegatron avançou 1,5% e a Largan teve alta de 1,5%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.