Bolsas asiáticas têm queda moderada; Xangai cai 0,8%

Parte dos investidores decidiu pela realização de lucros; não houve negociações no Japão

Hélio Barboza e Ricardo Criez, da Agência Estado,

23 de dezembro de 2010 | 08h09

Os principais mercados da Ásia apresentaram sinal negativo nesta quinta-feira. Parte dos investidores decidiu pela realização de lucros. Outras bolsas, contudo, seguiram o embalo positivo de Wall Street. Não houve negociações no Japão por ser feriado.

A Bolsa de Hong Kong fechou em baixa por conta da realização de lucros, após acumular ganhos de 1,8% nas duas últimas sessões. O índice Hang Seng caiu 142,22 pontos, ou 0,6%, e terminou aos 22.902,97 pontos.

Já as Bolsas da China seguiram em queda, lideradas pelas imobiliárias. O índice Xangai Composto caiu 0,8% e terminou aos 2.855,22 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 1,7% e encerrou aos 1.315,72 pontos. China Vanke baixou 1,8% e Shanghai Industrial Development deslizou 1,2%.

O yuan teve a maior valorização em um mês em relação ao dólar, após o Banco Central reduzir pela terceira vez seguida a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,6548 yuans para 6,6466 yuans), aumentando as expectativas dos traders sobre a valorização da moeda chinesa no curto prazo. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,6431 yuans, de 6,6461 yuans do fechamento de ontem.

Em Taipé, a Bolsa de Taiwan teve a terceira alta consecutiva. O índice Taiwan Weighted ganhou 0,4% e encerrou aos 8.898,87 pontos, liderado novamente pelo setor tecnológico.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul fechou praticamente estável, com recuo de 0,03%, fechando aos 2.037,53 pontos, pressionado pelas realizações de lucros.

O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney, na Austrália, avançou 0,4% e fechou aos 4.799,0 pontos, sustentado pelas ações de bancos e empresas de matérias-primas.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, estendeu um rali que já dura cinco sessões consecutivas. O índice PSE teve elevação de 1,3% e fechou aos 4.166,04 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira baixa, cedendo os pequenos ganhos das últimas duas sessões, sem fatores a guiar a mercado e a calmaria do feriado mantendo os traders de lado. O índice Straits Times perdeu 0,2% e fechou aos 3.137,78 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, caiu 0,3% e fechou aos 3.611,53 pontos, em fraco volume, uma vez que os investidores continuaram a realizar lucros às vésperas do longo feriado, disseram traders.

O índice SET da Bolsa Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,2% e fechou aos 1.021,27 pontos e o volume permaneceu fraco uma vez que os investidores estão fora por conta dos feriados. Fundos de mútuo deram suporte e os investidores de varejo estão comprando units de fundos às vésperas do fim do ano para aproveitar os benefícios tributários

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, terminou estável, fechando aos 1.514,48 pontos, em sessão sem brilho, mas com investidores rotacionais como um fabricante de luvas de látex no foco. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.