Bolsas da Ásia fecham em baixa; HK recua 1,3%

A maioria do mercado seguiu o embalo negativo verificado em Wall Street na véspera

Agencia Estado

24 de agosto de 2012 | 07h21

Os mercados asiáticos apresentarem queda nesta sexta-feira, a maioria deles no embalo negativo verificado em Wall Street na véspera.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que também sofreu com a realização de lucros. Os investidores continuaram focados nas blue chips que apresentaram balanços semestrais. O Hang Seng caiu 1,3% e terminou aos 19.880,03 pontos - na semana, o índice acumulou queda de 1,2%.

Já as Bolsas da China tiveram o pior resultado em mais de três anos. O sentimento dos investidores foi atingido pelas preocupações sobre a desaceleração da economia doméstica. O Xangai Composto caiu 1% e terminou aos 2.092,10 pontos, o pior fechamento desde 3 de março de 2009 - na semana, o índice teve queda de 1,1%. O Shenzhen Composto baixou 2%, aos 871,36 pontos.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa, com uma perspectiva sombria para os fabricantes de notebooks após balanços decepcionantes e estimativas fracas das americanas Dell e Hewlett Packard. O índice Taiwan Weighted caiu 0,37%, aos 7.477,53 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul acompanhou o declínio de Wall Street e encerrou o dia em baixa. O índice Kospi retrocedeu 1,17%, aos 1.919,81 pontos, na menor pontuação em 11 sessões.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, também fechou em baixa, após o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, afirmar não ter certeza de que a economia dos EUA precisa de uma nova rodada de afrouxamento quantitativo (QE3). O índice S&P/ASX caiu 0,79%, aos 4.349,00 pontos.

A realização de lucros derrubou a Bolsa de Manila, nas Filipinas. O PSEi caiu 1,1% e encerrou aos 5.143,35 pontos, com pesado volume de negociações. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.