Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bolsas da Ásia fecham em baixa; Xangai perde 0,9%

Yuan se desvalorizou em relação ao dólar, com a forte demanda dos importadores pela moeda norte-americana

Hélio Barboza, Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado,

26 de abril de 2011 | 07h02

Os mercados asiáticos fecharam em queda nesta terça-feira. A baixa em Wall Street e a realização de lucros, aliada a fatores locais, nortearam as bolsas da região. Não houve negociações na Austrália por ser feriado.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong. O índice Hang Seng caiu 130,93 pontos, ou 0,5%, e encerrou aos 24.007,38.

Já as Bolsas da China fecharam em queda pelo terceiro pregão seguido. Os investidores mostraram-se temerosos de que um planejado Conselho Internacional, que envolveria as 500 primeiras empresas listadas em Xangai, seja lançado mais cedo do que o previsto e prejudique os negócios com as ações tipo A. O índice Xangai Composto caiu 0,9% e fechou aos 2.938,98 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 1,3% e encerrou aos 1.232,80 pontos.

O yuan se desvalorizou em relação ao dólar, com a forte demanda dos importadores pela moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,5287 yuans, de 6,5277 yuans do fechamento de segunda-feira. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,5173 yuans, de 6,5161 yuans ontem.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou a sessão praticamente estável, com as perdas registradas em ações de bancos anulando os ganhos auferidos nas empresas do setor de tecnologia. O índice Taiwan Weighted caiu 0,03% e fechou aos 8.948,14 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul recuou 0,4% e fechou aos 2.206,30 pontos, com a realização de lucros que se seguiu aos ganhos iniciais, em meio à cautela diante da reunião do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA).

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila fechou em baixa, numa correção técnica após os ganhos recentes do mercado. O índice PSE recuou 0,60% e terminou aos 4.305,57 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em baixa, seguindo as perdas nos mercados regionais, uma vez que os investidores se desapontaram com os baixos lucros informados por empresas japonesas, como Nintendo e Nidec. O índice Straits Times perdeu 0,5% e fechou aos 3.171,83 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, cedeu 0,4% e fechou aos 3.774,87 pontos, pressionado por quedas nos demais mercados asiáticos e recuo no índice de futuros da Média Industrial Dow Jones.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, perdeu 0,8% e fechou aos 1.096,95 pontos, uma vez que o fraco sentimento regional pesou sobre o índice.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, teve alta de 0,2% e fechou aos 1.527,34 pontos, com compras no final da sessão, principalmente por "caçadores de barganhas". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsiaChinaFedEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.