Bolsas da Ásia fecham em queda

Queda das bolsas dos EUA e sinais de desaceleração na China pressionaram índices da região

Antonio Rogério Cazzali, Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos, Agencia Estado

28 de março de 2012 | 07h42

A maioria dos mercados asiáticos apresentou acentuada queda nesta quarta-feira. A baixa em Wall Street foi um dos fatores que influenciou os investidores. Destaque para o pesado declínio nas bolsas chinesas, em meio às preocupações sobre uma desaceleração do crescimento econômico no país no primeiro trimestre.

A Bolsa de Hong Kong acabou arrastada para baixo pelo movimento de angariação de capital da trading varejista Li & Fung, assim como pelo desapontamento sobre uma série de balanços corporativos de empresas listadas na cidade. O índice Hang Seng perdeu 161 pontos, ou 0,8%, e encerrou aos 20.885 pontos.

A perspectiva de que a recuperação na economia doméstica está mais longe do que o inicialmente esperado e as preocupações com a inflação galopante fizeram ceder as Bolsas da China. O índice Xangai Composto caiu 2,7% e terminou aos 2.284,88 pontos, no pior fechamento desde 1º de fevereiro. O índice Shenzhen Composto perdeu 4,1% e terminou aos 909,58 pontos.

O yuan subiu levemente ante o dólar com a demanda corporativa pela moeda americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3060 yuans, de 6,3072 yuans ontem. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada pelo banco central em 6,2912 yuans, de 6,2840 yuans na véspera.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em leve alta, com o índice Taiwan Weighted avançando 0,11% e terminando aos 8.038,07 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, encerrou o dia em baixa, na trilha das perdas em Wall Street e na ausência de novas pistas no mercado doméstico. O índice Kospi recuou 0,39% e fechou aos 2.031,74 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em seu nível mais alto em quatro meses depois que comentários do banco central australiano renovaram as esperanças num corte nas taxas de juros. O índice S&P/ASX 200 fechou em alta de 0,98%, aos 4.343,51 pontos.

Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, sofreu com a realização de lucros. O índice PSE caiu 0,2% e terminou aos 5.067,66 pontos, com pesado volume de negociações.

A Bolsa de Cingapura fechou estável, acompanhando as demais asiáticas, com as preocupações sobre a economia global deixando os investidores de lado. O índice Straits Times recuou 0,1% e fechou aos 3.015,98 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve alta de 0,3% e fechou aos 4.090,57 pontos, com aquisições de estrangeiros.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,3% e fechou aos 1.583,75 pontos, seguindo as baixas nas demais regionais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.