Bolsas da Ásia fecham em queda; Xangai tem baixa de 0,4%

Mercado chinês teme nova rodada de restrições ao setor imobiliário

Agencia Estado

20 de agosto de 2012 | 06h45

A maioria dos mercados asiáticos fechou o pregão desta segunda-feira no campo negativo. Não houve negociações nas Filipinas por ser feriado.

A Bolsa de Hong Kong fechou praticamente estável, com o Hang Seng caindo apenas 11,80 pontos, para 20.104,27 pontos. Os investidores direcionaram o foco para as companhias individuais, após elas apresentarem seus balanços do primeiro semestre.

Já a Bolsa de Xangai, na China, apresentou queda, liderada pelo declínio nas imobiliárias,com as preocupações sobre uma possível nova rodada de medidas de restrição ao setor. O Xangai Composto caiu 0,4% e terminou aos 2.106,96 pontos. Por sua vez, o Shenzhen Composto subiu 0,3%, aos 879,25 pontos.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa com investidores realizando lucros e diante do pessimismo no setor de tecnologia por causa da redução da demanda global, disse um analista da First Financial Securities. O índice Taiwan Weighted caiu 0,48%, aos 7.431,91 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul encerrou o dia estável, com a compra de investidores estrangeiros compensando perdas do início do pregão, e os ganhos de blue chips sustentando o índice. O índice Kospi caiu apenas 0,01%, aos 1.946,31 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou em leve baixa. O índice S&P/ASX recuou 0,13%, aos 4.364.29 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.