Bolsas da Ásia fecham sem tendência definida

Bolsa de Hong Kong teve que fechar de manhã em decorrência de um tufão

Agencia Estado

24 de julho de 2012 | 06h40

Os mercados asiáticos apresentaram resultados mistos nesta terça-feira. A Bolsa de Hong Kong teve a sessão da manhã cancelada devido à forte chuva e ventos provocados por um tufão que atingiu a cidade. Na abertura, tentou recuperar o tempo perdido e fechou em queda. O Hang Seng deslizou 0,8% e terminou aos 18.903,20 pontos.

Já as Bolsas da China encerraram em alta, após atingir na véspera a pior pontuação de 2012. A melhoria na atividade industrial nacional, com a alta do CPI em julho, aliviou os temores de um pouso forçado para a economia doméstica. O Xangai Composto subiu 0,2% e terminou aos 2.146,59 pontos. O Shenzhen Composto ganhou 0,8%, aos 893,61 pontos.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé encerrou o dia em queda, com as preocupações sobre a situação da dívida da Europa tirando a confiança dos investidores. O índice Taiwan Weighted recuou 0,29%, aos 7.008,35 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou em alta, com os ganhos em blue chips dando sustentação ao mercado, apesar das preocupações com a zona do euro. O índice Kospi avançou 0,25%, aos 1.793,93 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney mostrou resistência às notícias vindas da Europa e fechou em leve alta, ajudada pela divulgação do PMI da China, que avançou em julho. O índice S&P/ASX 200 subiu apenas 0,10%, aos 4.133,23 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, foi beneficiada pela presença de investidores em busca de ofertas de ocasião, após as recentes perdas. O PSEi ganhou 0,4% e encerrou aos 5.159,74 pontos, com moderado volume de negociações. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.