Bolsas da Ásia fecham sem tendência definida

Tóquio recuou 0,1% e Xangai caiu 1,5%; Hong Kong e Austrália ficaram fechadas

Hélio Barboza, Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado,

25 de abril de 2011 | 07h44

Os mercados asiáticos fecharam sem sinal definido nesta segunda-feira. Sem a referência dos Estados Unidos e da Europa, por conta do feriado de sexta-feira, as bolsas da região reagiram a fatores locais. Não houve negociações em Hong Kong e na Austrália por ser feriado.

A Bolsa de Tóquio fechou em leve queda, em meio ao menor volume de negócios do ano e antes da divulgação dos balanços das principais companhias japonesas. As ações das grandes montadoras caíram após o anúncio de números mais baixos para a produção doméstica. Com o giro enfraquecido pelo feriado de Páscoa, o índice Nikkei 225 recuou 10,25 pontos, ou 0,1%, e fechou aos 9.671,96 pontos. Na sexta-feira, o índice havia fechado quase estável, com perda de 3,56 pontos (0,04%).

As bolsas da China fecharam em forte queda, com o temor de que o Banco Central chinês mantenha a política de aperto monetário por mais tempo do que o esperado, em virtude da alta no preço do petróleo. O índice Xangai Composto caiu 1,5% e fechou aos 2.964,95 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 2% e terminou aos 1.249,58 pontos.

O yuan atingiu o limite diário de queda diante do dólar depois que os bancos procuraram comprar dólares para cumprir uma norma do banco central que os impede de ter posições a descoberto em dólar de um dia para o outro. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,5277 yuans, de 6,5067 yuans. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,5161 yuans, de 6,5156 yuans.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em baixa, com a fraqueza das ações do setor de tecnologia anulando os ganhos anotados em empresas financeiras. O índice Taiwan Weighted caiu 0,21% e fechou aos 8.950,75.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul avançou 0,8% e fechou no nível recorde de 2.216,0 pontos, liderado pelas ações de montadoras e do setor químico, ante a expectativa pelos balanços das companhias.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou o dia em alta. O índice PSE subiu 1,32% e terminou aos 4.331,37 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira baixa, depois de operar em margem estreita, uma vez que os investidores realizaram lucros. O índice Straits Times recuou 0,2% e fechou aos 3.187,72 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,3% e fechou aos 3.788,54 pontos, com realizações de lucros por fundos locais.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, fechou estável, aos 1.105,43 pontos, na ausência de fatores de estímulo com o fechamento dos mercados do ocidente no feriado de Páscoa.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,1% e fechou aos 1.524,05 pontos, operando em margem estreita ao longo do dia. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.