Bolsas de Milão e Madri encerram em nível recorde

As principais bolsas européias fecharam próximas às máximas dos últimos seis anos, ajudadas pelo fortalecimento do setor de commodities. Animaram também as notícias de que a companhia de tecnologia Smiths Group aceitou vender suas operações no setor aeronáutico para a General Electric por US$ 4,8 bilhões e vai distribuir 2,1 bilhões de libras (US$ 4,1 bilhões) em dividendos. As ações da empresa dispararam 11,1% em Londres. Os ganhos nas bolsas européias vieram depois de o índice Dow Jones, em Nova York, bater um novo recorde na sexta-feira. A Bolsa de Nova York está fechada hoje por causa do feriado em homenagem a Martin Luther King Jr. Londres Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 24,5 pontos, ou 0,39% em 6.263,50 pontos. Destaque para as ações das petroleiras BP (0,5%) e Royal Dutch Shell (1,2%), estimuladas com a volta dos investidores depois da recuperação dos preços do petróleo. No setor de mineração, os papéis da Vedanta avançaram 2% com o anúncio de que o lucro da empresa praticamente triplicou no terceiro trimestre, para US$ 724 milhões. Paris O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, encerrou o dia com ganho de 13,46 pontos, ou 0,24%, em 5.631,08 pontos. Destaque para as ações da Total, que subiram 0,4% com a recuperação do petróleo. Frankfurt A Bolsa de Frankfurt terminou o dia com o índice Xetra-DAX em alta de 26,57 pontos, ou 0,40%, em 6.731,74 pontos. ?Os volumes foram fracos à tarde, com os mercados americanos fechados?, afirmou um operador. Os destaques foram as ações da bolsa alemã, a Deutsche Boerse, que avançaram 5,3%, influenciadas pelo balanço positivo da Clearstream. Milão Na Bolsa de Milão, o índice S&P-Mib fechou com valorização de 196 pontos, ou 0,47%, em 42.307 pontos (novo nível recorde), em dia de pouca atividade no mercado. As ações da Fiat subiram 1,2%, com os investidores na expectativa de uma apresentação da Iveco, sua divisão de veículos comerciais, nesta terça-feira em Mônaco. As ações da Pirelli caíram 2,1%, devido à realização de lucros. Madri O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, fechou em alta de 48,50 pontos, ou 0,34%, em 14.416,70 pontos (um novo recorde). A alta foi liderada pelas ações das companhias de construção civil (FCC, com alta de 2,3%, e Ferrovial, que subiram 2%). Lisboa A Bolsa de Lisboa fechou com o índice PSI-20 em alta de 13,91 pontos, ou 0,12%, em 11.530,58 pontos. A sessão foi focada nas expectativas da compra da Portugal Telecom pela Sonaecom. O conselho da Portugal Telecom rejeitou por unanimidade a oferta hostil feita pela Sonaecom. Por outro lado, a CVM portuguesa aprovou a oferta da Sonaecom, que passa a valer de 16 de janeiro até 9 de março de 2007. As expectativas de que a compra se realize, no entanto, fizeram com que os papéis da Sonaecom avançassem 0,8%. Já as ações da Portugal Telecom recuaram 0,2%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.