Bolsas de Nova York abrem com valorização

As bolsas norte-americanas abriram o pregão em alta, com investidores reajustando suas expectativas no dia seguinte à divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês) de janeiro, o qual alimentou especulações de alta no juro e pressionou o mercado acionário. Às 12h40 (de BRasília), o índice Dow Jones avançava 0,08% e o Nasdaq subia 0,27%. Os negócios devem ser motivados também pelo bem-recebido acordo de compra pela Whole Foods Markets de um pequeno grupo concorrente, o Wild Oats Markets, por cerca de US$ 565 milhões. As ações da Whole Foods dispararam 7,5% e as da Wild Oats Markets saltaram 17% nas operações pré mercado. A Whole Foods também reafirmou sua projeção de crescimento entre 6% e 8% nas vendas em lojas abertas há mais de um ano. Os papéis da Cisco Systems e da Apple também devem atrair a atenção dos participantes. Ambas fecharam um acordo em relação a marca iPhone da Cisco, que passará a ser compartilhada. As ações da Apple avançaram 1,7% no pré-mercado. No cenário econômico, o dado sobre os pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana passada passou despercebido. Houve queda de 27 mil nos pedidos, para 332 mil, em linha com as previsões. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.