Bolsas de Nova York abrem em baixa; Dow Jones cai 0,6%

As Bolsas de Nova York abriram em queda hoje. Às 12h46, o índice Dow Jones recuava 0,66% e o índice Nasdaq cedia 0,26%. O petróleo futuro acima de US$ 61,00 o barril trava as compras no início da sessão do mercado acionário norte-americano. Uma decisão judicial desfavorável para a Microsoft também deve onerar as ações da empresa, que são componentes da cesta de 30 ativos que formam a cesta do Dow Jones. Os contratos futuros do petróleo estão em alta desde o início da manhã. Em Nova York, o barril para entrega em abril era negociado a US$ 61,30, alta de 0,57% no dia. Além do petróleo, um decisão judicial associada à Microsoft pode ter impacto no setor de tecnologia. A empresa terá de pagar US$ 1,52 bilhão à Alcatel-Lucent, depois de perder nos tribunais um processo envolvendo quebra de patentes. O grupo norte-americano alertou, porém, que o caso terá implicações significativas para muitas companhias de tecnologia envolvidas com música digital. A decisão foi anunciada ontem, após um tribunal de San Diego considerar que a empresa norte-americana havia violado duas das patentes da Alcatel-Lucent. A disputa girou em torno do uso da tecnologia de áudio MP3, que está embutida no software do Windows Media Player pela Microsoft. As ações da Microsoft cediam 0,5% no pré-mercado, enquanto as ações da Alcatel-Lucent subiam 2,5% em Paris. Nenhum indicador econômico foi divulgado hoje nos EUA, mas o período da tarde reserva dois depoimentos de autoridades do banco central americano. Às 13h45 (de Brasília), o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher, vai falar sobre a economia dos EUA em um contexto global em Los Angeles, na Califórnia. Às 18h35 (de Brasília), a presidente do Fed de San Francisco, Janet Yellen, aborda a perspectiva para a economia em evento em Sacramento, na Califórnia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.