Bolsas de Nova York avançam e juros caem

O mercado norte-americano de ações opera em alta nesta tarde, com o setor de tecnologia registrando ganhos modestos. Fabricantes de semicondutores, varejistas, construtoras e empresas de energia e petróleo também sobem. Corretoras, farmacêuticas e companhias de biotecnologia cedem. Mas os investidores dizem que nenhuma valorização significativa deverá ocorrer até o início da temporada de balanços trimestrais. "Houve uma alta sólida do mercado e eu acredito que as pessoas estão em clima de esperar para ver", disse o analista Charles Rotblut. Às 16h12, o Dow Jones subia 0,20% e o Nasdaq ganhava 0,48%. Os preços dos títulos do Tesouro norte-americano, por sua vez, operam em alta, projetando o juro em queda, com os investidores à espera do relatório sobre emprego de março, a ser divulgado na sexta-feira, e da venda de títulos de dívida da Viacom. Há alguma expectativa de que os próximos indicadores dos EUA vão mostrar sinais de fraqueza na economia. A compra dos papéis é encorajada também por comentários do presidente do Federal Reserve Bank de Kansas City, Thomas Hoenig. Ele disse que, embora a economia esteja crescendo a um ritmo bastante robusto, a política monetária está "muito perto de onde precisamos estar", provavelmente acima do topo da faixa considerada neutra. O juro do título de 10 anos caía para 4,8453%. O petróleo opera em alta, reagindo à queda dos estoques de gasolina. Os estoques de petróleo bruto, no entanto, subiram. O contrato do produto para maio negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) subia 1,34%, para US$ 67,12 o barril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.