Bolsas de Nova York caem após dados fracos dos EUA

As Bolsas de Nova York encerraram os negócios em baixa, diante da divulgação de indicadores econômicos fracos nos Estados Unidos. A Associação Nacional dos Corretores de Imóveis dos EUA informou que a demanda por residências usadas no país em 2006 teve a maior queda em 17 anos. As vendas diminuíram 8,4%, para 6,48 milhões em todo o ano de 2006. Em dezembro, as vendas regrediram 0,8%, mostrando um declínio mais pronunciado do que a queda de 0,5% esperada por analistas. O número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 20 de janeiro subiu 36 mil, para 325 mil. O aumento superou os 20 mil previstos por analistas. O índice Dow Jones registrou perda de 0,94% e o Nasdaq caiu 1,30%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.