Bolsas de Nova York começam o dia em queda

As Bolsas de Nova York começaram o pregão em queda. O índice Dow Jones registrava baixa de 0,21% às 10h32, seguido do índice Nasdaq, que caía 0,40%. Indicadores da economia norte-americana divulgados hoje mostraram que os consumidores norte-americanos continuam ativos. As vendas no varejo em julho subiram 1,4%, a maior aceleração em seis meses. Provavelmente, os investidores observam também o dado sobre o preço das importações em julho. O preço subiu 0,9% em julho. Dependendo da previsão utilizada, o aumento pode ter superado o estimado. Os analistas ouvidos pela Bloomberg e pelo website MarketWatch previram elevação de 0,8% no preço das importações em julho; a agência Dow Jones divulgou ontem estimativa de alta de 0,9%; e nesta manhã, apostas de elevação de 1%. O setor de tecnologia é pressionado pela notícia de que a Apple provavelmente atrasará a divulgação de seu balanço do trimestre que terminou em 1º de julho, em conseqüência de uma investigação interna sobre a contabilização de benefícios representados por opções de ações, concedidos a executivos. A empresa previu ainda "significativas" mudanças em seu balanço no terceiro trimestre por causa das alterações que terá de fazer em balanços anteriores. As ações da Apple caíram 1,5% no pré-mercado. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

11 de agosto de 2006 | 10h41

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.