Bolsas de Nova York seguem em queda

As ações seguem em queda perto do encerramento do pregão em Nova York. Os setores de energia e telecomunicações apresentam ganhos leves, enquanto todos os demais segmentos estão em baixa, com matérias-primas, tecnologia e bens de consumo registrando os maiores recuos. No Dow Jones, Microsoft caía 1,3%, General Motors perdia 0,60%, Dupont operava em -2,6% e American Express estava com desvalorização de 1,1%. O índice Dow Jones estava acima das mínimas, mas cedia 0,55%, para 12.405 pontos, às 16h54 (de Brasília). O Nasdaq caía 0,71% e o S&P 500 operava em -0,59%. O volume negociado estava relativamente baixo, refletindo a cautela dos investidores antes do depoimento, amanhã, do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, no Congresso norte-americano. O setor de construção de residências segue dominando as notícias. Em janeiro, o índice de preço das residências em dez cidades divulgado pelo S&P/Case-Shiller caiu 0,7%, enquanto o índice para 20 municípios recuou 0,2% sobre o mesmo mês do ano passado. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.