Bolsas de Nova York sobem após Fed anunciar fim de programa de incentivos

Federal Reserve (banco central dos EUA) sinalizou o fim do plano de compra de bônus de US$ 600 bilhões, mas também mostrou que as autoridades da instituição não têm pressa de aumentar as taxas básicas de juros

Danielle Chaves, da Agência Estado,

27 de abril de 2011 | 13h55

As bolsas de Nova York se firmaram no terreno positivo depois que o Federal Reserve sinalizou o fim do programa de compra de bônus de US$ 600 bilhões, mas também mostrou que as autoridades do banco central norte-americano não têm pressa de aumentar as taxas básicas de juros. Às 13h57 (de Brasília), Dow Jones subia 0,36%, Nasdaq avançava 0,20% e S&P 500 apresentava +0,13%.

Antes do final do encontro de política monetária do Fed, as bolsas operavam com cautela, já que muitos investidores esperavam um tom mais duro com relação a uma alta nos juros.

O fim do programa - que o Fed criou em novembro do ano passado - já vinha sendo sinalizado pelo banco central norte-americano. Após a reunião de política monetária, o Fed afirmou que "vai concluir" as compras até o fim de junho.

Agora as atenções vão se voltar para a entrevista que será concedida pelo presidente do Fed, Ben Bernanke, a partir de 15h15 (de Brasília). As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.