Bolsas de Nova York têm baixa

Às 14h06 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,19%;  Nasdaq recuava 0,33% e o S&P-500 perdia 0,15%

Renato Martins, da Agência Estado, Agencia Estado

26 de agosto de 2010 | 14h13

O mercado norte-americano de ações opera em baixa modesta, depois de indicadores contraditórios sobre atividade industrial e emprego deixarem os investidores em busca de direção. As bolsas abriram em alta, depois da divulgação do número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana passada, mas passaram a cair em reação ao índice de atividade industrial regional do Fed (Federal Reserve, BC americano) de Kansas City. O mercado agora está na expectativa de declarações de dirigentes do Federal Reserve, que se reúnem amanhã e sábado na conferência monetária anual promovida pelo Fed de Kansas City em Jackson Hole (Wyoming). O presidente do Fed, Ben Bernanke, discursa amanhã nessa conferência.

Segundo o Departamento do Trabalho dos EUA, na semana passada houve uma queda de 31 mil no número de novos pedidos de auxílio-desemprego; economistas previam uma redução menor, de 10 mil pedidos. Mas o número de pedidos feitos na semana anterior foi revisado para cima, de modo que a média das últimas quatro semanas é a mais alta desde novembro do ano passado.

O Fed de Kansas City, por sua vez, informou que seu índice de atividade industrial caiu a zero em agosto, de 14 em julho (índices acima de zero apontam expansão na atividade); o índice de embarques caiu a -6, de 12 em julho, o de novas encomendas caiu a -13, de 9 em julho, e o de emprego recuou para -2, de 5 em julho.

"Sem dúvida, estamos num momento de debilidade, mas isso não precisa se transformar em um abismo no qual todos cairíamos", disse Duncan Richardson, da Eaton Vance. "Eu não acho que ele [Bernanke] vá se afastar da ideia de que tem mais munição e vai usá-la se a economia se desacelerar. Ou teremos uma economia pior, que precisa de mais estímulo e o recebe, ou uma economia melhor, que não precisa disso", acrescentou.

Entre as componentes do índice Dow Jones, os destaques negativos são Cisco Systems (-1,32% há pouco), Wal-Mart (-1,07%) e 3M (-0,83%). As ações da Boeing subiam 1,58% há pouco, depois de a empresa anunciar que vai dobrar o número de funcionários de sua unidade no norte da China, para poder atender à demanda por novos aviões. As da Hewlett-Packard subiam 0,52%, depois de a empresa perder para a Dell (+0,31%) a disputa pela aquisição da 3Par (-2,43%).

Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques são Guess (-10,93%), e TiVo (-3,13%).

Às 14h06 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 19 pontos (0,19%), para 10.040 pontos; o Nasdaq recuava 6 pontos (0,33%), para 2.134 pontos; e o S&P-500 perdia 1 ponto (0,15%), para 1.053 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.