Bolsas de Nova York voltam a fechar com ganho

O mercado norte-americano de ações fechou em alta, com o índice Dow Jones recuperando pouco mais de um terço da perda de ontem. Os investidores mostraram cautela antes de o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) anunciar sua decisão sobre as taxas de juro. "Foi um bom dia para comprar ações que haviam ficado baratas com as quedas recentes, apesar da iminente decisão do Fed", comentou o diretor de estratégia da Brown Brothers Harriman, Brian Rauscher. Entre as componentes do Dow Jones, o destaque foi Intel, com alta de 3,38%, em reação a relatório dos analistas da Raymond James segundo o qual a perspectiva da empresa no longo prazo é positiva. No setor automotivo, as da General Motors avançaram 2,93%, recuperando parte do terreno perdido ontem. As ações da Ford, contudo, registraram queda de 2,75%, depois de a Standard & Poor's voltar a rebaixar seu rating. As ações da Bausch & Lomb foram beneficiadas por um estudo que atribuiu vários casos de infecção por fungo por usuários de lentes de contato a má higiene, e não ao fluido fornecido pela empresa, e subiram 5,1%. A previsão de lucro da Wendy's International, menor para o segundo trimestre, em comparação com o mesmo período de 2005, provocou o recuo das ações da empresa, que fecharam em -2,3%. A rival McDonald's terminou em -1,7%. No setor de tecnologia, as ações da Apple Computer caíram 2,5%, depois de a American Technology Research dizer que haverá atrasos no lançamento dos novos iPods. No setor de artigos desportivos, as ações da Nike caíram 4,7%, em reação a seu informe de resultados do trimestre março/maio. Amanhã serão divulgados os informes de resultados da Accenture, da General Mills, da Monsanto e da Palm Inc. O índice Dow Jones fechou em alta de 48,82 pontos (0,45%), em 10.973,56 pontos. A mínima foi em 10.902,48 pontos e a máxima em 10.981,25 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 11,59 pontos (0,55%), em 2.111,84 pontos, com mínima em 2.090,78 pontos e máxima em 2.112,62 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 6,80 pontos (0,55%), para 1.246,00 pontos. O NYSE Composite avançou 43,22 pontos (0,55%), para 7.929,70 pontos. O volume negociado na NYSE ficou em 1,496 bilhão de ações, de 1,568 bilhão ontem; 2.027 ações subiram, 1.283 caíram e 142 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume ficou em 1,631 bilhão de ações negociadas, de 1,810 bilhão ontem, com 1.586 ações fechando em alta e 1.413 em queda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.