Bolsas de NY abrem em alta com mais vagas de trabalho

O mercado de ações norte-americano abriu em alta nesta sexta-feira. Os índices futuros aceleraram os ganhos e atingiram as máximas do dia logo após a divulgação dos dados de emprego nos Estados Unidos. Às 11h35, o índice Dow Jones subia 0,23%, enquanto o Nasdaq reverteu o sinal e caía 0,15%. O relatório trouxe um aumento de 243 mil do número de vagas de trabalho criadas em fevereiro, acima da previsão de 212 mil. Mas contrabalançando essa expansão, a taxa de desemprego subiu de 4,7% para 4,8% e o número de janeiro foi revisado em baixa, de 193 mil novas vagas para 170 mil. As ações da Univision Communications subiam 3,3% no pré-mercado, sustentadas por uma reportagem informando que um grupo vai lançar uma oferta para comprar a companhia, que é a maior emissora de TV em língua espanhola dos EUA. O consórcio inclui a mexicana Grupo Televisa, a família Cisneros e a Providence Equity Partners Inc. No entanto, nenhuma oferta formal foi anunciada e o acordo ainda está em estágios iniciais. Nortel ganhava 3,2%, depois de informar que vai adiar para o final de abril a divulgação do balanço de 2005, já que está revisando os resultados de antes de 2003. Legg Mason recuava 1%, após o Citigroup vender 9 milhões de ações da empresa numa oferta secundária. JetBlue Airways Corp. cedia 4,6%, depois de a Prudential Equity Group ter reduzido a recomendação para os papéis da companhia de "neutra" para "underweight". Outro foco dos investidores hoje deve ser as ações do Citigroup. A revista francesa Le Nouvel Observateur publicou uma reportagem informando que um grande banco norte-americano havia sondado o governo francês sobre a possibilidade de lançar uma oferta para um banco daquele país. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.