Bolsas de NY abrem em alta em dia de recuperação

Os índices das Bolsas em Nova York abriram em alta, depois de o índice Dow Jones ter fechado ontem abaixo de 10 mil pontos pela primeira vez desde o início de novembro. Às 12h35 (de Brasília), o Dow Jones subia 1,16%, o Nasdaq avançava 1,23% e o S&P 500 ganhava 1,23%. Ontem, as ações tiveram a terceira queda em quatro pregões. Pesaram sobre o mercado uma reportagem de The Wall Street Journal de que o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), Ben Bernanke, começará a lançar a base para um aperto no crédito mais tarde este ano e os contínuos temores sobre a saúde das finanças de governos do Sul da Europa.

Regina Cardeal, da, Agência Estado

09 de fevereiro de 2010 | 12h39

As notícias de que o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, estava deixando uma conferência em Sydney, na Austrália, um dia mais cedo do que o planejado ajudaram a impulsionar o euro e as ações europeias hoje. Um porta-voz do BCE disse que Trichet já planejava participar da reunião de líderes europeus marcada para quinta-feira, mas o mercado interpretou a saída antecipada de Trichet de Sydney como um aumento nas chances de que um pacote de ajuda à Grécia seja adotado esta semana.

No campo corporativo, as ações da Caterpillar, maior fabricante mundial de equipamentos de construção, subiam quase 4% no pré-mercado em Wall Street. Coca-Cola anunciou lucro dentro do esperado, com aumento de 3% no ganho ajustado por ação. Na Suíça, as ações do UBS caíram depois de o banco anunciar que voltou ao lucro no quarto trimestre, mas apresentou um aumento nos saques dos clientes ricos. O banco teve lucro de 1,21 bilhão de francos suíços (US$ 1,13 bilhão) nos três meses até 31 de dezembro, em comparação com o prejuízo de 9,56 bilhões de francos no mesmo período de 2008. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas, NY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.