Bolsas de NY abrem em alta, mas petróleo preocupa

As Bolsas de Nova York começaram o dia em alta, mas não há indicação clara de que mantenham esta tendência no decorrer do pregão. Os investidores estão numa espécie de "vigília" em torno da reunião do comitê de mercado aberto (FOMC) do banco central americano (Fed), que começa amanhã e termina na quinta-feira à tarde com o veredicto sobre a magnitude da elevação da taxa de juros nos EUA. A alta do petróleo hoje também deve ser um fator de desestímulo às compras de ações. Às 10h39, o índice Dow Jones subia 0,08% e o índice Nasdaq, 0,13%. Na bolsa de energia Nymex, o contrato futuro de petróleo para agosto sobe 0,68%, para US$ 72,29 por barril, com a preocupação sobre interrupções prolongadas de algumas refinarias nos arredores de Louisiana (EUA), onde um vazamento de petróleo provocou o bloqueio de um canal de navegação. A interrupção das atividades ocorre em um momento de demanda forte por gasolina, já que o feriado de 4 de julho nos EUA (dia da independência) abre tradicionalmente a temporada de verão e férias no país, com aumento do tráfego de veículos nas estradas. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.