Bolsas de NY abrem em baixa pressionadas pelo petróleo

O índice Dow Jones da Bolsa de Nova York abriu o pregão desta segunda-feira em baixa. Às 10h32, registrava recuo de 0,34% a 11.210 pontos. O índice Nasdaq, que concentra as ações de tecnologia, também segue o terreno negativo, recuando 0,44% a 2.209 pontos às 10h33. As bolsas norte-americanas são influenciadas pelo comportamento do petróleo, que abriu em alta. A commodity foi sustentada pela ameaça do líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, que alertou ontem que o fluxo do transporte marítimo do petróleo a partir da região do Golfo Pérsico poderá ser comprometido se os EUA tomarem uma decisão errada em relação ao país. Os investidores devem ficar atentos aos números sobre o desempenho do setor de serviços norte-americano do Instituto para Gestão de Oferta (ISM), que será divulgado às 11h (de Brasília), meia hora após a abertura. Entre outros eventos, o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, e o vice-presidente do Banco Central do Japão, Toshiro Muto, discursam, a partir das 15h15 (de Brasília), durante a conferência monetária internacional da American Bankers Association, em Washington. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

05 de junho de 2006 | 10h34

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.