Bolsas de NY caem com ações de tecnologia

Os principais índices das Bolsas em Wall Street estão em queda, com os investidores dando continuidade ao movimento de venda de ações de tecnologia, desencadeado pela decepção com os balanços da semana passada. Além disso, o rebaixamento na recomendação dos papéis da Boeing pelo Wachovia de ?outperform? (com desempenho acima da média do mercado) para ?market perform? (desempenho igual à média do mercado) pesava no mercado e fazia com que as ações da empresa caíssem 3,5%. Os papéis da Pfizercediam 1,14%, após o anúncio do plano de corte de 10 mil vagas até 2008. As notícias da Sun Microsystems agitavam as ações de tecnologia, depois da companhia ter anunciado que vai começar a utilizar chips da Intel na sua linha de servidores na primeira metade de 2007. Segundo a Sun, os servidores vão ?complementar? sua oferta atual do produto, que utiliza chips da AMD, rival da Intel. As ações da Intel subiam 0,3%, enquanto as da Sun perdiam 0,5% e as da AMD recuavam 1,7%. Entre as altas, destaque para as ações da General Motors, que subiam 2,5%, e do JP Morgan Chase, que avançavam 1,7%. Os papéis do Citigroup avançavam 0,8%, animados com as mudanças na direção do banco, e os da American Express ganhavam 0,1% após a divulgação de um balanço positivo no quarto trimestre. Às 17h58 (de Brasília), o índice Dow Jones recuava 87 pontos, ou -0,70%, o S&P-500 perdia 6 pontos, ou -0,45%, e o Nasdaq cedia 17 pontos, ou -0,70%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.