Bolsas de NY devem iniciar pregão em baixa nesta 4ª

As bolsas norte-americanas devem abrir em leve queda, sinalizam os índices futuros. Em um dia de agenda esvaziada nos EUA, a ligeira fraqueza no mercado futuro ocorre enquanto os investidores digerem a conquista de níveis recordes obtidos recentemente em Wall Street. Ontem, o Dow fechou na máxima histórica pela terceira sessão seguida. A tendência de baixa também foi mantida após o índice de preços ao produtor (PPI) ficar acima da expectativas. Às 10h20 (de Brasília), no mercado futuro, o Dow Jones perdia 0,04%, o Nasdaq recuava 0,29% e o S&P 500 cedia 0,12%.

LUCAS HIRATA, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES, Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 10h49

As ações menores e mais arriscadas se mostravam prontas para mais uma sessão de fraqueza. O índice Russell 2000 tem registrado um desempenho inferior ao do mercado mais amplo ao longo dos últimos meses, perdendo 5,2% desde o final de fevereiro, tendo em vista que os investidores tem saído destas ações menores para papéis de empresas maiores, que pagam dividendos. O iShares Russell 2000 cedia 0,4% no pré-mercado, depois de cair 1% na sessão anterior.

Segundo o analista sênior de mercado da corretora CMC Markets, Colin Cieszynski, as bolsas deverão se manter "relativamente tranquilas", com o final da temporada de balanços e notícias econômicas mais importantes previstas somente para os últimos dias da semana.

Hoje, o presidente do Federal Reserve de Richmond, Jeffrey Lacker, que não é um membro votante do Comitê de Mercado Aberto (FOMC) do Fed, fará o pronunciamento de abertura em uma conferência bancária, no final da manhã.

Mais cedo, o índice de preços ao produtor dos Estados Unidos avançou 0,6% em abril ante março, segundo dados ajustados sazonalmente do Departamento de Trabalho norte-americano. O resultado ficou acima das estimativas dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que eram de ganho de 0,2%. Com o desempenho de abril, o índice registrou seu maior avanço desde setembro de 2012. O índice sinaliza uma possível recuperação da inflação nos EUA, embora o PPI tenha apresentado impacto limitado no mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valoresNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.