Bolsas de NY e da Europa sobem com indicadores dos EUA

Conference Board divulgou que a confiança do consumidor no país subiu a 70,3 em setembro, acima das previsões dos analistas

Álvaro Campos, da Agência Estado,

25 de setembro de 2012 | 12h20

As bolsas de Nova York e da Europa melhoraram seu desempenho e agora operam em leve alta, após a divulgação de uma série de indicadores nos Estados Unidos. O Conference Board divulgou que a confiança do consumidor no país subiu a 70,3 em setembro, bem acima das previsões dos analistas, de 65,0. Já o Federal Reserve de Richmond informou que seu índice de atividade no setor industrial na região subiu para 4 em setembro, de -9 em agosto. E a Agência Federal de Financiamento Imobiliário (FHFA, na sigla em inglês) revelou que seu índice de preços das moradias avançou 0,2% em julho ante junho, quando a estimativa dos analistas era de um avanço de 0,7%.

Por volta das 11h15 (horário de Brasília) o índice Dow Jones subia 0,39%, o Nasdaq avançava 0,40% e o S&P 500 tinha alta de 0,41%. Na Europa, a bolsa de Madri ganhava 0,56%, Londres subia 0,32%, Frankfurt tinha alta de 0,24% e Paris ganhava 0,27%. Já no mercado de Treasuries, o bom humor reduziu os ganhos dos preços dos títulos, com consequente movimento inverso dos juros. No horário citado anteriormente, o juro da T-note de 2 anos subia para 0,279%, de 0,267% no fim da tarde de ontem; e o juro da T-note de 10 anos caía para 1,716%, de 1,719%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
NYEuropabolsasEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.