Bolsas de NY em baixa com indicadores europeus fracos

As Bolsas dos Estados Unidos estão em queda, acompanhando as baixas dos mercados europeus, depois da divulgação de dados fracos de atividade econômica na Europa. Outro fator foi o anúncio de medidas com as quais o Departamento do Tesouro dos EUA pretende coibir as chamadas "tax inversions", as aquisições de companhias estrangeiras por empresas dos EUA com o objetivo de mudar a sede da entidade combinada para países onde os impostos são mais baixos.

RENATO MARTINS, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2014 | 14h30

Os investidores também estão atentos aos acontecimentos no Oriente Médio, onde os EUA bombardearam posições de um grupo supostamente vinculado à organização terrorista Al Qaeda na Síria e Israel disse ter derrubado um avião militar sírio nas Colinas de Golã (território sírio ocupado por Israel).

O índice de atividade composto dos gerentes de compras (PMI) da zona do euro ficou em 52,3 na pesquisa preliminar de setembro, de 52,5 em agosto; na Alemanha, o PMI de atividade industrial ficou em 50,3 em setembro (preliminar), quando a previsão era de 51,2. Na China, o índice PMI industrial (versão HSBC) subiu a 50,5 na leitura preliminar de setembro, de 50,2 em agosto.

Nos EUA, os indicadores saíram positivos: o índice de atividade industrial PMI (versão Markit), ficou em 57,9 na pesquisa preliminar de setembro, mesmo nível de agosto. O índice de atividade industrial regional do Fed de Richmond subiu a 14 em setembro, de 12 em agosto.

As pessoas sem dúvida estão nervosas quanto à China e à Europa. Mas elas estão com medo de vender", comentou Keith Bliss, da corretora Cuttone & Co. Ele observou que o volume de negócios é reduzido, o que indica que os investidores não estão se apressando a sair do mercado. Mas o índice de volatilidade VIX, da Chicago Board Options Exchange (CBOE), subiu 4,7%, para 14,33.

Entre as ações de empresas que poderão ser afetadas pelas medidas contra as "tax inversions", os destaques são Medtronic (-3,9%) há pouco, Covidien (-3,1%), Mylan (-0,3%), Abbott Labs (-1,8%), Burger King (-1,8%), Tim Horton''s (-0,6%),

Às 14h20 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 77 pontos (0,45%), para 17.095 pontos; o Nasdaq recuava 10 pontos (0,24%), para 4,516 pontos; o S&P-500 caía 7 pontos (0,36%), para 1.987 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valortesNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.