Bolsas de NY encerram em direções divergentes

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em direções divergentes e próximos dos níveis de ontem. O Dow Jones fechou com uma queda modesta, depois de quatro pregões consecutivos de altas; o Nasdaq, da Bolsa eletrônicas, teve uma leve alta, no quinto pregão consecutivo de ganhos. "O indicador de vendas no varejo em agosto, excluídas as do setor automotivo, ficou um pouco abaixo do que se previa. E as pessoas ajustaram posições antes do vencimento de opções e da divulgação do índice de preços ao consumidor, que se não confirmar os dados de inflação baixa registrada no mês passado, vai levar as pessoas a temerem que o Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) volte a elevar as taxas de juro", comentou o diretor de estratégia da Brown Brothers Harriman, Brian Rauscher. Ações Entre as componentes do Dow Jones, a ação com pior desempenho foi Boeing, com queda de 1,72%, depois de o UBS rebaixar seu rating em dois graus. As da General Electric caíram 0,17%, em reação a rebaixamento de recomendação pelo UBS e ao anúncio de que a empresa vai vender sua unidade Advanced Materials. As ações da DuPont subiram 2,30%, depois de elevação de recomendação pela Soleil Securities. As da AT&T avançaram 1,22% e as de sua parceira de fusão BellSouth ganharam 1,12%; ambas fecharam nos níveis mais altos das últimas 52 semanas. No setor financeiro, as ações da Bear Stearns subiram 2,54%, em reação a seu informe de resultados. No setor automotivo, as ações da Ford caíram 1,09%, depois de a empresa e a federação dos metalúrgicos dos EUA (UAW) fazerem um acordo pelo qual a montadora vai oferecer uma compensação de US$ 35 mil a todos os seus 75 mil trabalhadores sindicalizados nos EUA que aceitem o plano de demissões incentivadas. No setor de mídia, as ações da DirecTV caíram 3,2%, depois de rebaixamento de recomendação pela Morgan Stanley. Índices O índice Dow Jones fechou em queda de 15,93 pontos, ou 0,14%, em 11.527,39 pontos. A mínima foi em 11.496,49 pontos e a máxima em 11.547,48 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 1,06 ponto, ou 0,05%, em 2.228,73 pontos, com mínima em 2.218,86 pontos e máxima em 2.230,97 pontos. O Standard & Poor's-500 recuou 1,79 ponto, ou 0,14%, para 1.316,28 pontos. O NYSE Composite, que inclui todas as ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova York, caiu 24,89 pontos, ou 0,30%, para 8.357,81 pontos. O volume negociado na NYSE ficou em 1,467 bilhão de ações, de 1,670 bilhão ontem; 1.323 ações subiram, 1.968 caíram e 170 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume ficou em 1,874 bilhão de ações negociadas, de 1,890 bilhão ontem, com 1.317 ações fechando em alta e 1.643 em queda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.