Bolsas de NY fecham em alta após indicadores positivos

As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta sexta-feira, 28, mas longe das máximas da sessão. Após reagirem positivamente aos indicadores econômicos de hoje, os índices acionários perderam força à tarde, com o Nasdaq chegando a operar em terreno negativo, na medida em que os investidores realizavam lucros e se posicionavam para o fim do trimestre.

STEFÂNIA AKEL, Agencia Estado

28 de março de 2014 | 18h40

"Nos dois últimos dias de negociações do trimestre as pessoas buscam realizar lucros. É um padrão semelhante ao que vimos em algumas dessas ações nos últimos dias", disse JJ Kinahan, estrategista da TD Ameritrade, à rede de televisão americana CNBC.

O índice Dow Jones subiu 58,83 pontos (0,36%) e fechou aos 16.323,06 pontos, sendo o único a avançar na semana (+0,12%). Já o S&P 500 ganhou 8,58 pontos (0,46%) e encerrou a sessão aos 1.857,62 pontos. Na semana, porém, o índice recuou 0,48%.

E o Nasdaq avançou 4,53 pontos (0,11%), fechando aos 4.155,76 pontos. O índice caiu 3,54% na semana - a maior queda semanal desde outubro de 2012 -, prejudicado pela onda de vendas de ações de biotecnologia e de tecnologia, que estavam entre as de maior valorização no fim do ano passado.

Os últimos dados da economia dos EUA contribuíram para o bom humor geral dos investidores. Os gastos dos consumidores subiram 0,3% em fevereiro ante janeiro, mais do que o aumento de 0,2% projetado por analistas, enquanto a renda pessoal também cresceu 0,3%, em linha com o esperado. Além disso, o índice de confiança do consumidor medido pela Reuters/Universidade de Michigan caiu para 80,0 em março, de 81,6 em fevereiro, mas ficou acima da leitura preliminar deste mês, de 79,9.

No noticiário corporativo, os destaques positivos foram Microsoft (+2,39%) e Exxon Mobil (+1,52%), que impulsionaram o índice Dow Jones.

Na Europa, as bolsas fecharam em alta, em meio a especulações sobre medidas adicionais de estímulo na zona do euro e na China, o que deixou os investidores mais dispostos à tomada de riscos. A Bolsa de Frankfurt encerrou com ganho de 1,44%, na máxima da sessão, enquanto Londres subiu 0,41% e Paris avançou 0,74%. (Com informações da Dow Jones Newswires)28,

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsas de ValoresEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.