Bolsas de NY fecham em alta com indicadores positivos

Dow Jones fechou em alta de 0,42%, a 10.895,86 pontos - maior nível de fechamento desde 26 de setembro de 2008

Gustavao Nicoletta, da, Agência Estado

29 de março de 2010 | 19h07

Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em alta, diante da divulgação de indicadores econômicos positivos sobre os gastos pessoais dos norte-americanos e a atividade industrial na região do Texas. O Federal Reserve de Dallas divulgou que o índice de atividade industrial do Texas e áreas próximas cresceu pelo quinto mês consecutivo em março, enquanto o índice de produção industrial da região subiu para o maior nível dos últimos dois anos. Além disso, o Departamento de Comércio dos EUA anunciou que os gastos pessoais dos norte-americanos aumentaram 0,3% em fevereiro, em linha com as estimativas de analistas.

O Dow Jones fechou em alta de 45,50 pontos, ou 0,42%, a 10.895,86 pontos - maior nível de fechamento desde 26 de setembro de 2008. A Boeing foi o componente com o melhor desempenho, subindo 2,09% após a companhia anunciar que o modelo 787 Dreamliner concluiu uma fase crucial dos testes de voo e afirmar que os "resultados iniciais" foram positivos.

Entre outros componentes do Dow Jones, também subiram Caterpillar (+1,67%), Alcoa (+1,19%), ExxonMobil (+1,14%) e Chevron (+1,07%).

O índice Nasdaq ganhou 9,23 pontos, ou 0,39%, para 2.404,36 pontos, enquanto o S&P 500 avançou 6,63 pontos, ou 0,57%, para 1.173,22 pontos.

Os papéis do Citigroup caíram 3,02% após o Departamento de Tesouro dos EUA anunciar que começará a vender suas quase 7,7 bilhões de ações ordinárias neste ano. As ações da Ford recuaram 2,09% após a montadora afirmar que um fundo do sindicato dos funcionários do setor automotivo dos EUA (UAW, em inglês) venderá opções de ações da companhia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaqações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.