Bolsas de NY fecham em alta com notícias corporativas

As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta terça-feira, 23, impulsionadas por indicadores do setor imobiliário e notícias corporativas. Os índices se recuperaram do breve susto ocorrido no início da tarde, quando despencaram após uma notícia falsa de que havia ocorrido uma explosão na Casa Branca.

Agencia Estado

23 de abril de 2013 | 17h52

O índice Dow Jones ganhou 152,29 pontos (1,05%), fechando a 14.719,46 pontos e registrando o maior avanço em termos de pontos e porcentagem desde 16 de abril. O S&P 500 teve alta de 16,28 pontos (1,04%) e fechou a 1.578,78 pontos. E o Nasdaq avançou 35,78 pontos (1,11%), encerrando a sessão a 3.269,33 pontos.

Por um breve momento, o Dow chegou a despencar e migrar para território negativo após uma notícia divulgada pela conta da Associated Press na rede de microblogs Twitter, sobre uma suposta explosão na Casa Branca. O índice, no entanto, se recuperou quase instantaneamente depois de a AP informar que sua conta no Twitter foi hackeada e o governo norte-americano negar a informação.

Os dados do setor imobiliário norte-americano publicados nesta terça-feira agradaram os investidores. As vendas de moradias novas subiram 1,5% em março ante o mês anterior e o índice de preços de residências avançou 0,7% em fevereiro.

Por outro lado, o Federal Reserve de Richmond informou que o índice de atividade no setor de manufatura na região caiu para -6 em abril, de 3 em março, mas a informação não prejudicou o bom humor dos investidores.

No noticiário corporativo, a Apple anunciou logo após o fechamento que registrou lucro líquido de US$ 9,5 bilhões no segundo trimestre fiscal, ou US$ 10,09 por ação, ante lucro de US$ 11,6 bilhões há um ano. As ações da companhia fecharam a sessão em alta de 1,84%, mas caíam 0,03% no after hours.

Também após o fechamento, a AT&T anunciou que registrou lucro líquido de US$ 3,7 bilhões no primeiro trimestre. A receita totalizou US$ 31,36 bilhões, abaixo da expectativa dos analistas de US$ 38,34 bilhões. As ações da empresa fecharam o pregão tradicional em alta de 0,65%, mas caíam 1,49% no after hours.

Integrantes do Dow, Bank of America subiu 2,99% e Travelers teve alta de 2,09% depois de a seguradora elevar seu dividendo e divulgar lucro trimestral melhor que o esperado. Também componente do Dow, DuPont registrou ganho de 4,15%, também por aumentar dividendos e lucrar mais do que se previa.

A Netflix, por sua vez, disparou 24,44% após um balanço também bem recebido pelos investidores. Outra empresa do Dow, a United Technologies, caiu 0,835% depois de apresentar resultados mistos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsasNova Yorkfechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.