Bolsas de NY fecham em alta, em dia de volatilidade

O mercado norte-americano de ações fechou em alta, em dia marcado pela volatilidade. O índice Dow Jones chegou a subir 66 pontos e a cair 64 pontos durante o pregão. O mercado reagiu às oscilações dos preços do petróleo ao longo do dia. "O petróleo foi o principal culpado da volatilidade do mercado, porque seus preços subiram fortemente pela manhã e caíram à tarde. O recuo favoreceu o sentimento do investidor. As pessoas passaram a dizer: 'posso voltar a comprar'. Mas isso pode não durar. Ainda estamos diante de alguns obstáculos amanhã: o mercado vai focalizar o depoimento do presidente do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) no Senado e o índice de preços ao consumidor, na tentativa de medir o potencial para futuras elevações das taxas de juro", comentou o chefe de pesquisa e operações da Louis Capital Markets, Robbert Vanbatenburg. Várias ações reagiram à divulgação de informes de resultados, entre elas três componentes do Dow Jones (Coca-Cola +1,99%, United Technologies +1,59% e Johnson & Johnson -0,51%). As ações da IBM, que divulgaria resultados depois do fechamento, subiram 0,76%. Entre as ações de empresas que divulgaram resultados também estavam New York Times (-2,20%), Merrill Lynch (-1,13%), Forest Labs (-3,1%) e Wells Fargo (-0,44%). As ações da Target, do setor de comércio varejista, caíram 4,2%, depois de a empresa rebaixar sua previsão de vendas para julho; isso influenciou outras ações do setor, como JC Penney (-3,5%) e Nordstrom (-3,6%). As ações da fabricante de chips de memória Rambus caíram 9,3%, influenciadas por reportagem do Wall Street Journal, que afirmou que a decisão da Justiça que favoreceu a empresa numa disputa por patentes com a Hynix Semiconductors poderá mudar. As ações da Intel subiram 2,07%, depois de a Caris & Co. elevar sua recomendação. Entre as empresas que divulgam resultados nesta quarta-feira, os destaques são Intel, JP Morgan, Motorola, General Dynamics, Apple Computer, Bank of America, Mellon Financial, Abbott Labs, AMR, Citrix Systems, E*Trade Financial, eBay, Juniper Networks, Lam Research, Qualcomm, SunTrust Banks, Teradyne e Unisys. O índice Dow Jones fechou em alta de 51,87 pontos (0,48%), em 10.799,23 pontos. A mínima foi em 10.685,32 pontos e a máxima em 10.813,79 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 5,51 pontos (0,27%), em 2.043,23 pontos, com mínima em 2.012,78 pontos e máxima em 2.052,53 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 2,37 pontos (0,19%), para 1.236,86 pontos. O NYSE Composite avançou 5,49 pontos (0,07%), para 7.898,36 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,730 bilhão de ações, de 1,487 bilhão ontem; 1.802 ações subiram, 1.531 caíram e 142 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,052 bilhões de ações negociadas, de 1,534 bilhão ontem, com 1.582 ações fechando em alta e 1.414 em queda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.