Bolsas de NY fecham praticamente estáveis

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices muito próximos dos níveis de ontem. O mercado abriu em alta, impulsionado pelas ações do setor de tecnologia, depois de o executivo-chefe da Advanced Micro Devices (AMD) dizer que espera ver sua participação no mercado de servidores crescer de pouco menos de 30% para 40% até 2009. No começo da tarde, porém, o mercado recuou, depois de declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Chicago, Michael Moskow, fazerem ressurgir a preocupação com a política monetária. "A declaração de Moskow, de que o Fed pode ter que voltar a elevar as taxas de juro para conter a inflação, e a do presidente do Fed de Atlanta, Jack Guynn, de que a política monetária atual é apropriada, acabaram negando uma à outra e o mercado fechou estável", comentou John Augustine, estrategista-chefe da Fifth Third Asset Management. Frente a essa incerteza, os investidores buscaram posições mais defensivas, o que beneficiou as ações de empresas provedoras de utilidades públicas; o índice Dow Jones de Utilities fechou no nível mais alto do ano, com altas de 14 de suas 15 componentes. No setor de tecnologia, as ações da AMD subiram 6,3%; as da Microsoft caíram 1,9%, depois de a empresa anunciar que poderá oferecer descontos para clientes que atualizarem seus sistemas operais Windows para o Vista, cujo lançamento está atrasado. As da Apple Computer subiram 1,6%, depois de os analistas da Pacific Crest dizerem que a expansão do mercado de vídeo digital está abrindo "uma oportunidade multibilionária" para a empresa. Entre as construtoras, as ações da Toll Brothers subiram 1,7%, em reação a seu informe de resultados. No setor de mídia, as ações da XM Satellite Radio avançaram 20%, depois de elevação de recomendação pela Bear Stearns. O índice Dow Jones fechou em baixa de 5,21 pontos (0,05%), em 11.339,84 pontos. A mínima foi em 11.304,46 pontos e a máxima em 11.381,07 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 2,27 pontos (0,11%), em 2.150,02 pontos, com mínima em 2.140,63 pontos e máxima em 2.162,68 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 1,29 ponto (0,10%), para 1.298,81 pontos. O NYSE Composite subiu 2,54 pontos (0,03%), para 8.364,24 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,223 bilhão de ações, de 1,124 bilhão ontem; 1.941 ações subiram, 1.382 caíram e 160 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 1,592 bilhão de ações negociadas, de 1,327 bilhão ontem, com 1.664 ações fechando em alta e 1.298 em queda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.