Bolsas de NY operam com ganho, recuperando perdas

Os índices referenciais do mercado acionário norte-americano operam em alta, com a recuperação das perdas da semana passada acalentadas pela expectativa positiva em torno da temporada de pico de divulgação de balanços corporativos. Às 11h55 (de Brasília), o Dow Jones subia 0,73%, enquanto o Nasdaq avançava 0,39%. As ações da Alcoa eram negociadas em alta de 0,30%, com os investidores se preparando para o balanço que a titã em alumínio divulga após o fechamento da sessão, abrindo o pico da temporada de apresentação de resultados pelas empresas norte-americanas. A mediana das estimativas de analistas é de lucro de US$ 0,85 por ação para a fabricante de alumínio, de acordo com uma pesquisa da Thomson Financial. No noticiário macroeconômico, o Departamento do Comércio informou que os estoques do atacado cresceram 0,8% em maio nos EUA, superando a previsão de 0,5% projetada por economistas. O crescimento dos estoques dá margem a duas interpretações. Os atacadistas podem ter registrado dificuldades em adequarem o nível de produção ao da demanda ou estão antevendo um crescimento da procura por suas mercadorias. Na sexta-feira, o índice Dow Jones fechou em queda de 1,20%, sob o efeito do relatório de emprego americano, trazendo o saldo acumulado da semana para uma queda de 0,53%. O Nasdaq caiu 1,16%, acumulando uma perda de 1,94% na semana. O dado abaixo do esperado de criação de postos de trabalho em junho nos EUA, associado a um aumento superior ao previsto do ganho médio por hora trabalhada, além de alertas sobre baixos lucros da 3M e da Advanced Micro Devices colocaram pressões de vendas no mercado acionário. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.