Bolsas de NY operam de lado à espera de taxa de juros

Os principais índices nas Bolsas em Wall Street seguem em leve alta enquanto os investidores aguardam cautelosos a decisão sobre a taxa de juros do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) e a divulgação do comunicado que acompanha o anúncio. Alguns balanços positivos ajudam a sustentar o mercado de ações. Os ganhos da Alcoa (+1,79%) e da Caterpillar (+2,07%) contrabalançam as perdas da 3M (-5,51%), cujo lucro do quarto trimestre decepcionou o mercado. Com tanta informação para digerir esta semana - dos lucros e indicadores econômicos e do encontro do Fed - muitos investidores estão se mantendo de lado por enquanto. "O mercado está sofrendo de um pouco de fadiga", disse o estrategista-chefe de mercado da Legg Mason, Richard Cripps, observando que a temporada de balanços está se aproximando de seu ponto máximo. "Vamos provavelmente permanecer ao redor dos níveis atuais até que tenhamos uma compreensão sobre para onde a economia está posicionada e o que o Fed irá fazer", disse o estrategista-chefe de mercado da Jefferies & Co., Art Hogan. As ações da Motorola são destaque e disparam 6,55% após as notícias de que o investidor Carl Icahn está buscando ser nomeado membro da mesa de diretores da fabricante de celulares. Um aviso enviado à Motorola afirma que as entidades de Icahn possuem cerca de 33,5 milhões de ações da companhia, representando 1,39% do total da Motorola. Às 17h59 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 25 pontos, ou 0,21%, o S&P-500 ganhava 6 pontos, ou 0,46%, e o Nasdaq avançava 4 pontos, ou 0,19%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.