Bolsas de NY operam em alta; Dow Jones sobe 0,55%

O início do pregão em Wall Street hoje está no terreno positivo, após o crescimento anualizado de 2,5% do PIB dos EUA no segundo trimestre ter potencializado a percepção de que talvez seja a hora de o Fed (banco central americano) interromper o ciclo de aumento dos juros. O índice Dow Jones da Bolsa de Nova York abriu em alta e subia 0,55% às 11h29. O índice Nasdaq registrava ganho de 0,54% no mesmo horário. O crescimento de 2,5% do PIB ficou bem abaixo das expectativas dos economistas (3,2%) e os índices de inflação ficaram mais nítidos. O índice de preços dos gastos com consumo dobrou em relação ao primeiro trimestre, para aumento de 4,1% no segundo trimestre, de elevação de 2% no período anterior. O núcleo do PCE subiu 2,9%, contra 2,1% no primeiro trimestre. O índice de preços para compras brutas domésticas, que reflete os preços pagos pelos residentes dos EUA, subiu 4%, após um aumento de 2,7%. O índice ponderado de preços (chain-weighted) subiu 3,3%, inferior às estimativas dos economistas de crescimento de 3,2%. Um outro relatório mostrou que o custo da mão-de-obra subiu 0,9% no segundo trimestre, acima do 0,8% previsto. No pré-mercado, as ações da General Motors cediam perto de 1%, após a montadora informar que vendeu 4,6 milhões de veículos neste ano. No segundo trimestre, as vendas globais da empresa foram de 2,4 milhões de veículos, o que representou um crescimento de 8,7% sobre os resultados do primeiro trimestre. As ações da Chevron cediam 2,3%, com os investidores reagindo negativamente ao lucro líquido de US$ 4,35 bilhões obtido pela empresa no segundo trimestre. A cifra ficou abaixo do esperado. Outro destaque do dia é o Wal-Mart, que desistiu de suas operações na Alemanha e está vendendo suas 85 lojas para a rede européia de supermercados Metro. Os termos do negócio não foram divulgados. O Wal-Mart abriu suas primeiras lojas na Alemanha há oito anos, mas não conseguiu ampliar sua presença no país. Com informações da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.