Bolsas de NY operam em queda de olho em Coreias

Os principais índices do mercado de ações dos EUA operam em queda, em sua maioria, mas perto da estabilidade, após passarem a maior parte da sessão em território positivo. Às 14h48 (de Brasília), o Dow Jones subia 0,02%, para 10.844 pontos, o Nasdaq perdia 0,32%, para 2.389 pontos, e o S&P 500 recuava 0,11%, para 1.163 pontos.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

26 de março de 2010 | 14h55

Segundo analistas, os investidores estão receosos de encerrar a semana apostando num avanço das ações, levando em consideração que os principais índices do mercado atingiram os níveis mais altos em um ano e meio há alguns dias e em meio a notícias de que um navio sul-coreano afundou após uma explosão numa região disputada pela Coreia do Sul e pela Coreia do Norte. Ainda não se sabe o que causou a explosão.

"Ninguém vai colocar o dinheiro para trabalhar enquanto avalia se a Coreia do Norte e a Coreia do Sul irão para a Guerra", afirmou Dave Rovelli, diretor-gerente de negociações da Canaccord Adams, acrescentando que, se o noticiário mostrar que a Coreia do Norte não estava envolvida no incidente, "é provável que as ações subam". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaqCoreia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.