Bolsas de NY operam próximas à estabilidade

Os principais índices das bolsas de NY operavam em direções divergentes em Nova York, dia de movimentos técnicos, relacionados ao vencimento quádruplo no mercado. O volume negociado no começo do dia superou 600 milhões de ações, cerca de um terço da média diária total, por conta do vencimento, que normalmente causa também volatilidade nos preços. Às 12h53 (de Brasília), o Dow Jones subia 0,1% e o Nasdaq recuava 0,04%. O Nasdaq era ajudado pela expectativa com a divulgação na segunda-feira que vem do resultado da Oracle. Analistas esperam que a companhia reporte sólidos ganhos no trimestre. As ações da Oracle operavam em alta de 0,3% no mesmo horário acima. Os papéis das fabricantes de chips lideravam as perdas no Nasdaq. O Dow Jones era limitado pela queda de cerca de 3% das ações da General Motors (GM), que anunciou ontem à noite que seu prejuízo de 2005 foi US$ 2 bilhões superior ao informado antes. A companhia disse também que irá republicar seus balanços de 2000 a 2004. Os papéis da seguradora AIG recuavam 2,4%, com divulgação de queda de 72% em seu lucro líquido trimestral, citando despesas extraordinárias. O lucro recuou para US$ 444 milhões ou US$ 0,17 por ação, bem abaixo das expectativas de US$ 0,24 por ação. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.