Bolsas de NY sobem após dados de vendas de imóveis

O aumento inesperado nas vendas de imóveis usados nos Estados Unidos em fevereiro estimulou as ações norte-americanas, que reverteram a queda e passaram a subir, com os operadores de olho nos desdobramentos dos eventos relacionados à prisão de 15 membros da Marinha britânica na costa entre o Irã e o Iraque pela Guarda Revolucionária Iraniana. Às 12h28 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,19%, o S&P 500 ganhava 0,19% e o Nasdaq operava estável. "O dado (de venda de imóveis usados) dá fôlego à tendência de alta porque ele basicamente indica que o mercado imobiliário não vai prejudicar a economia dos EUA e que os problemas no setor de empréstimos subprime (de risco mais elevado) podem não espalhar para o resto do mercado", disse o analista da Avalon Partner, Peter Cardillo. Por sua vez, a situação no Irã pressionou o mercado após a abertura, mas um analista destacou que não é a primeira vez que ocorre esse tipo de incidente e que não deve gerar uma escalada. Um outro fator de preocupação para o mercado vem do setor de biotecnologia. As ações da Amgen caem 4,4% após a companhia suspender os testes com o medicamento Vectibix após os resultados fracos em pacientes que utilizaram o remédio junto a outros medicamentos e quimioterapia para tratar câncer de cólon. As ações da ImClone Systems disparavam 12,4% com a expectativa de que a notícia irá beneficiar as vendas do medicamento Erbitux. As ações da Nike caem 2,2%, um dia após a empresa anunciar um aumento de 8% nos lucros trimestrais, mas ressaltar que as margens para o trimestre atual serão planas e que poderão cair durante o ano. Já a Palm recuperou parte das perdas recentes e subia 1,8%. O Citigroup, componente do índice Dow Jones, está no centro das atenções, com as notícias do Wall Street Journal de que o banco estaria estudando uma oferta pelo ABN Amro, que discute atualmente fusão com o Barclays. As ações do Citi estavam estáveis. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.