Bolsas de NY sobem com ajuda dos títulos do Tesouro

Os principais índices de ações em Nova York fecharam em alta, ajudados pela estabilização dos títulos do Tesouro dos EUA (Treasuries) e forte lucro anunciado pelo Morgan Stanley, apesar da queda da Microsoft e fraqueza das ações do setor de tecnologia. O índice Dow Jones voltou a fechar no seu melhor nível em quase cinco anos. Os ganhos do mercado ocorreram depois de uma fraca abertura, em que pesou a notícia de que a Microsoft vai adiar o lançamento de seu novo sistema Windows Vista, que ficará para 2007. As ações da Microsoft fecharam em baixa de 2,13%. A notícia afetou um número de ações de empresas fabricantes de computadores: Hewlett-Packard, -0,54%, e Seagate Technology, -3,73%. Entre as empresas fabricantes de chips, Micron Technology caíram 3%. As ações da Caterpillar subiram 2,56% e ajudaram a sustentar o Dow Jones, com os investidores estimulados pela avaliação positiva da economia dada pelo executivo-chefe da companhia de equipamentos pesados. As ações da Verizon Communications subiram 1,34%, depois de a companhia ter fechado um acordo envolvendo seu novo serviço de tevê de fibra ótica. As ações do Morgan Stanley subiram 2,53%, depois de o banco de investimentos ter anunciado um crescimento de 17% no lucro líquido obtido no primeiro trimestre fiscal. O índice Dow Jones fechou em alta de 81,96 pontos (0,73%), em 11.317,43 pontos. O Nasdaq, que reúne a maioria das ações de tecnologia, fechou em alta de 9,12 pontos (0,4%), em 2.303,35 pontos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.