Bolsas de NY sobem com setor de tecnologia liderando

As bolsas norte-americanas abriram em alta nesta quarta-feira, impulsionadas pelo desempenho das ações do setor de tecnologia. A Apple Computer anunciou que seus computadores Mac com processadores Intel poderão utilizar o sistema operacional Windows XP da Microsoft. No pré-mercado, seus papéis subiram 2,7%. Às 10h37 (de Brasília), o Nasdaq-100 operava em alta de 0,47%; o S&P 500 avançava 0,02%; e o Dow Jones subia 0,21%. Ontem, o Nasdaq atingiu o maior nível em cinco anos. O S&P 500 fechou o primeiro trimestre com a melhor valorização desde o mesmo período de 1999. Os investidores devem observar o índice sobre atividade do setor de serviços do Instituto para Gestão de Oferta (ISM), às 11 horas (de Brasília), mas as expectativas em relação às taxas de juro têm poucas chances de mudança até a sexta-feira, quando sai o dado sobre geração de emprego de março (o chamado payroll). Esse indicador concentra a atenção dos investidores em Wall Street, tendo em vista o intenso debate travado na comunidade econômica e financeira sobre o momento em que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estads Unidos) irá interromper o ciclo de 15 apertos das taxas de juro. Ontem, o presidente do Fed de Kansas disse que as autoridades monetárias estão próximas desse momento. Outro destaque no noticiário corporativo desta manhã era Alcoa. O Credit Suisse elevou sua estimativa de lucro para a maior fabricante no mundo de alumínio. A Monsanto subiu no pré-mercado depois de a empresa informar lucro líquido no segundo trimestre de US$ 440 milhões ou US$ 1,60 por ação, acima de US$ 373 milhões ou US$ 1,37 por ação no mesmo período do ano passado. O resultado superou a previsão dos analistas. As informações são das agências internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.