Bolsas de NY têm 5º pregão consecutivo de alta

O mercado norte-americano de ações fechou em alta, acumulando cinco pregões consecutivos de avanços. Esta foi a segunda melhor semana do ano para o índice Dow Jones, que fechou no nível mais alto desde 16 de maio. O Nasdaq não tinha cinco altas consecutivas desde há sete meses e teve a melhor semana dos últimos três anos. O Standard & Poor's-500 fechou no nível mais alto dos últimos três meses e teve a terceira melhor semana de 2006. "Iniciamos a semana com todo mundo preocupado com inflação. Mas essas preocupações foram desarmadas e substituídas por um movimento exuberante de compras em todos os setores", comentou o diretor de estratégia da RBC Dain Rauscher, Phil Dow. As ações da Microsoft subiram 4,41%, depois de a empresa anunciar que elevou seu programa de recompra de ações para US$ 36,4 bilhões até junho de 2011. As do Altria Group (ex-Philip Morris) subiram 3,99%, depois de uma juíza federal dizer que as indústrias de cigarros violaram a lei ao enganar o público sobre os perigos do produto, mas que não tem autoridade para impor o pagamento de indenizações. As ações da Dell caíram 2,81%, depois de a empresa divulgar resultados e informar que a Securities and Exchange Comission está investigando suas práticas contábeis. As ações da Ford caíram 2,08%, depois de a empresa anunciar uma redução de 21% em sua produção de veículos nos EUA no quarto trimestre. A notícia teve impacto nas ações das fabricantes de autopeças (YRW -3,1%, Johnson Controls -2,8%, BorgWarner -3,4%). No setor aeroespacial, as ações da Boeing caíram 1,23%, depois de a empresa orientar os fornecedores a pararem de produzir componentes para o avião de carga militar C-17, cuja produção será descontinuada. Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques foram Gap (-3,8%), Brocade Communications (+3,5%) e Bebe Stores (+20%). O índice Dow Jones fechou em alta de 46,51 pontos (0,41%), em 11.381,47 pontos. A mínima foi em 11.321,11 pontos e a máxima em 11.376,66 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 6,34 pontos (0,29%), em 2.163,95 pontos, com mínima em 2.138,45 pontos e máxima em 2.165,47 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 4,82 pontos (0,37%), para 1.302,30 pontos. O NYSE Composite avançou 25,86 pontos (0,31%), para 8.379,93 pontos. O volume negociado na NYSE ficou em 1,352 bilhão de ações, de 1,583 bilhão ontem; 1.907 ações subiram, 1.372 caíram e 179 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume ficou em 1,708 bilhão de ações negociadas, de 1,942 bilhão ontem, com 1.566 ações fechando em alta e 1.042 em queda. Na semana, o Dow Jones acumulou uma alta de 2,65%, o Nasdaq, um avanço de 5,16%, e o S&P-500, um ganho de 2,81%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.